lifestyle
Esta é a nova coluna do Testosterona. Sempre com alguém que entende de algum tema que permeia o universo masculino falando a respeito dele

2003. World Series of Poker – Algo como a “Copa do Mundo” do esporte, se ela fosse disputada todos os anos – em Las Vegas. Um desconhecido de todos foi até o final do evento principal e venceu. Transmissão da ESPN americana e a ideia de que qualquer pessoa poderia vencer e se tornar um milionário da noite para o dia. E assim, unindo alguns fatores aparentemente aleatórios, o poker ganhou o mundo como um esporte que poderia mudar vidas para melhor.

Aos poucos, aquele jogo retratado nos filmes por muitos anos como sendo disputado em uma mesa repleta de pessoas apostando suas vidas, com trapaças e violência estava sendo substituido por grandes torneios ao redor do mundo, em grandes salas e cassinos e com organização profissional que chegavam a casa de milhões pelas diversas transmissões de canais esportivos. Após a vitória no evento principal por um amador – Chris Moneymaker – o poker passou a fazer parte da vida de muitas pessoas, que começaram a investir seu tempo e atenção para construir uma “indústria” por trás das mesas repletas de jogadores. É assim que começa a nossa pequena viagem pelo que o poker é hoje, tanto no Brasil quanto no mundo.
poker1
Tudo começou, como dito, em 2003. Chris entrou em um satélite online de $89 dólares no PokerStars e venceu. Isso lhe garantiu um lugar num satélite ainda maior, que tinha um pacote para o Evento Principal da World Series como premiação. Chris também o ganhou, e em seguida foi para Las Vegas, a fim de disputar o que viria a ser seu primeiro torneio ao vivo. O que aconteceu depois, todos já sabem. Contra todas as probabilidades, Chris chegou à Mesa Final e recebeu seu bracelete de ouro, ganhando um prêmio de $2.500.000. E se ele, um amador que jamais havia disputado um torneio ao vivo em sua vida fez isso, por que VOCÊ não poderia fazer também? Foi o que muitos pensaram e até hoje ainda pensam.

Antes de continuar, é preciso orientar: O poker depende da sua habilidade e conhecimento. Hoje em dia são diversas as fontes para quem quer se aprimorar nesse esporte. Livros, vídeos, aulas com profissionais e históricos de torneios comentados estão entre as opções para quem quer seguir adiante. O poker é um esporte que depende de dedicação e você não vai conseguir se destacar de outra forma. Hoje em dia é mais comum encontrar grupos de estudo e discussão de mãos, além de ser bem acessível para qualquer pessoa adiquirir um livro ou matricular-se em uma escola de poker. Quanto mais tempo você investir no estudo, melhor para você. É preciso ter disciplina, disposição para entender cada dia mais e saber que é muito difícil dominar a arte. Também é preciso ter muita paciência e aprender a lidar com as adversidades que o jogo traz. A matemática é tão importante quanto outros fatores. E a sorte, que ajuda em qualquer outro esporte do mundo, pode ser usada em um momento ou outro mas é importante que você saiba que ela nunca deve ser a base do seu jogo.
poker2
No Brasil, já tínhamos profissionais de poker em 2002. Para citar apenas alguns, estavam nessa primeira leva Christian Kruel e Raul Oliveira, que acabaram sendo profissionais do site Fulltilt, Andre Akkari e Alexandre Gomes, que foram patrocinados depois pelo rival PokerStars, Igor Federal – que deixou de lado uma pequena rede de cursos para se dedicar integralmente ao poker – que atuou e ainda atua como presidente da Confederação Brasileira de Texas Holdem – registrada inclusive no Ministério dos Esportes – e Devanir Campos, o famoso DC, que hoje atua como diretor de torneio do BSOP, o Brazilian Series of Poker, que hoje é o terceiro maior torneio do mundo, e é o principal diretor de torneios do país.

Como tudo no começo, o poker por aqui veio devagar. Pequenos torneios eram realizados em São Paulo e Curitiba, principalmente, e os jogos online eram os responsáveis pelos ganhos principais desses jogadores já envolvidos e apaixonados pelo jogo. O maior problema na época era, sem dúvidas, lidar com a família e amigos ao dizer que estava deixando tudo de lado para ser um jogador de poker profissional. A imagem ruim do esporte era muito grande e ninguém conseguia entender isso. Com o tempo, a escolha da maioria dos jogadores se mostrou acertada e as coisas começaram a andar, fazendo com que suas famílias entendessem que a coisa era séria e tinha potencial. Hoje em dia já é mais fácil explicar o que você faz da vida sendo um jogador de poker profissional devido a esses homens que acreditaram desde o começo e batalharam bastante para que as coisas mudassem, então é justo que façamos aqui o agradecimento a cada um deles.poker3
O poker sempre teve uma relação com os banidos jogos de azar no país. Hoje em dia as coisas estão melhores mas nem sempre foi assim. Jogadores eram presos, torneios eram suspensos e a polícia agia determinada a acabar com qualquer coisa relacionada ao poker. Diversas histórias hoje são contadas com sorrisos e alegria, mas foram tempos realmente difíceis. Com os processos judiciais vieram as primeiras vitórias, tanto na abertura de precedentes favoráveis ao esporte quanto a produção de laudos e pareceres de profissionais extremamente respeitados e de reputação incontestável comprovando que o poker não é um jogo de azar por depender da habilidade de cada jogador. Mais sobre isso pode ser lido no próprio site do BSOP.  A batalha que esses pioneiros compraram para tentar mudar essa imagem do poker hoje tem belos resultados e hoje podemos nos orgulhar de sabermos que o terceiro maior torneio do mundo foi disputado em São Paulo, no final de 2012, por exemplo. Mais de 1600 pessoas se registraram para jogar a última etapa do ano, conhecida como BSOP Million, que tem a premiação garantida total de 1 milhão de reais. É uma bela forma de terminar um ano de trabalho, já que o vencedor leva um pouco mais de 400 mil reais da premiação. E, novamente, poderia ser você o vencedor. Nesse esporte essa possibilidade existe, diferente de um torneio de tênis ou um jogo de futebol profissional.

Hoje em dia é fácil praticar o poker. Torneios são disputados diariamente tanto na internet quanto em casas de poker. A maior delas fica em São Paulo, na região de Pinheiros. O H2 Club tem torneios diários e recebe etapas do Circuito Paulista de Holden. Eu costumo recomendar para os amigos que queiram entender um pouco mais a visitarem o H2 num dia comum e, quando é possível, visitar uma das etapas do BSOP. Existe uma diferença muito grande para uma pessoa que não conhece ou sequer imagina ouvir falar sobre o poker ou ver ele sendo disputado na prática. Não existem salões enfumaçados, não existem trapaças, não existe o lado negativo e isso precisa ficar claro para o maior número de pessoas. Fica aqui o meu convite, inclusive, para quem quiser conhecer um pouco mais sobre o jogo, sobre onde disputar ou para quem quer apenas saber um pouco mais do jogo.

Esse é um grande resumo do poker no Brasil, de como era e de como está. Deixo como recomendação de leitura o excelente Super Poker, que é um portal de notícias sobre o mundo desse emocionante jogo e que traz diariamente destaques do Brasil e do mundo. E fico a disposição para continuar essa conversa numa próxima oportunidade.

justplay