Home Acompanhantes Natalie Cortez – Rostinho meigo e jeito sapeca no concurso acompanhante mais sexy do Brasil!

Natalie Cortez – Rostinho meigo e jeito sapeca no concurso acompanhante mais sexy do Brasil!

Cidade: São José dos Campos – SP
Idade: 24
Twitter: @nataliecortezz
Instagram: @cortezznataliee
Perfil dela no Paradise Girl

Chegou a hora de conhecermos melhor as 10 beldades que estão na final do concurso Acompanhante Mais Sexy do Brasil, idealizado pelo Paradise Girl em parceria com o Testosterona e patrocínio do ConfrariaRS.

Representando o estilo mignon, um dos mais procurados pela macharada, Natalie Cortez é acompanhante de luxo, criadora de conteúdo adulto e já protagonizou alguns filmes pornô. Em resumo, a gatinha curte o que faz!

Natalie Cortez

Natalie Cortez

Seja muito bem-vinda ao Testosterona! Para começar, gostaria de pedir para você se apresentar aos nossos leitores e contar um pouquinho da sua trajetória.

Oi, amores! Eu sou a Natalie Cortez, tenho 24 anos e atualmente estou morando em São José dos Campos, mas sempre estou por São Paulo também. Comecei como garota de programa há 3 anos, antes disso cheguei a trabalhar como corretora de seguros e atendente em barzinho. Em 2020 cheguei a gravar pornô com algumas produtoras porno brasileiras e com isso acabei ficando um pouquinho mais conhecida. (risos). Hoje trabalho com atendimentos presenciais e OnlyFans.

Como você se sente sendo uma das 10 Acompanhantes Mais Sexy do Brasil em 2021?

Estou muito feliz, eram muitas mulheres maravilhosas e gostosas, estou chocada em estar entre as 10!

Na sua opinião, qual seu ponto forte que faz você ser uma das acompanhantes mais sexy do Brasil?

Hum, observando meu público e os comentários que recebo, os elogios, a maioria são sempre pela minha aparência bem mais nova e meu jeitinho jovial, carinha que nem parece que faz essas coisas! (risos)

O que te motivou a trabalhar como acompanhante? Foi uma decisão fácil?

Foi a vontade de ter experiências do tipo, ficar com várias pessoas, então pensei: porque não cobrar?!

Como é um dia comum na sua rotina de trabalho?

Tiro um tempo do dia para responder todas as mensagens de redes sociais e WhatsApp, vou fechando a agenda da semana, do mês. Gosto de deixar o período da manhã tranquilo para mim, seja fazer uma caminhada, exercícios, passear… e o período da tarde para atendimentos, fotos, etc.

Este trabalho te fez ver os fetiches masculinos de outra forma?

Já recebi alguns pedidos meio estranhos de fetiches, mas recusei. A maioria tem os mesmos fetiches praticamente, sempre podolatria, adoro.

Natalie Cortez

E com relação aos seus próprios fetiches. Você hoje vê o sexo de uma forma diferente?

Eu tenho muitos fetiches, mas nada de diferente de antes do meu trabalho.

Você sempre teve esse lado, digamos, sexual, aflorado? Ou isso foi mudando com o tempo?

Sempre, desde mais nova, já me masturbava sem nem saber o que era. Passava a tarde toda em casa sozinha me tocando, tesão a flor da pele! (risos)

E você é uma pessoa exibicionista?

Sim, adoro morar em prédio e ter vizinhos próximos me olhando, é o que mais gosto. Em lugares públicos de vez em quando rola algumas provocações também, sempre saio de saia sem calcinha. (risos)

Natalie Cortez

O que excita a Natalie Cortez?

Muitas coisas e não só na hora H, como uma boa postura, mãos masculinas (e com relógio no pulso), sou bi e adoro mulheres também, além disso, piro em sorrisos. Na hora H meus pontos fracos são nuca e seios.

Você gosta de ouvir música na hora do sexo? Tem alguma playlist ou música preferida para esses momentos?

Adoro música na hora do sexo! A playlist varia bastante, pois sou eclética, tem dia que curto rock, outros blues e jazz, pop…  assim vai indo!

Já aconteceu alguma situação inusitada com você durante o atendimento?

Sim! Estava transando com o cara e do nada ele começou a implorar para que eu comesse o cu dele.

Natalie Cortez

Apesar de um dos objetivos do concurso ser a diminuição do preconceito contra a profissão de acompanhante, muitas garotas não puderam participar por receio da exposição. Qual mensagem você teria para as garotas que ainda possuem medo de se expor?

Confesso que às vezes eu me pego pensando sobre isso também, mas a verdade é que as pessoas julgam muito, julgam sua religião, a forma que você pensa sobre tal assunto, sobre qualquer coisa! Mas você sempre vai ter outras pessoas que se identificam com você e te admiram exatamente por esses detalhes, então seja quem você é, não se limite por terceiros. 

Obrigado pelo seu tempo e pela entrevista. Deixe um recado para os nossos leitores.

Gostaria de agradecer a todos que me indicaram lá no começo para ser uma das 50 e agradecer a quem votou para que eu estivesse aqui entre as 10. Fico muito feliz por todo esse carinho!

COMENTE JÁ

Mais posts pra você