Home Leitoras Abigail – Monetizando um hobby!

Abigail – Monetizando um hobby!

A Abigail se define como “uma mulher normal, como qualquer outra, com trabalho, família” mas que descobriu uma fonte extra de renda com um hobbie que ela adora: Tirar fotos sensuais!

Acima de tudo, como já é tradição por aqui abrir espaço pras nossas sempre maravilhosas leitoras e hoje esse ser jurássico que vos escreve, apresenta uma bem especial, ela tem 32 anos, mora em São Paulo e tem muito conteúdo para apresentar para vocês, confira!

Abigail

Primeiramente Abigail, seja muito bem vinda, para nossos leitores que ainda não te conhecem, conta um pouco pra gente da sua trajetória. 

Sou uma mulher normal, como qualquer outra, com trabalho, família, etc, mas que descobriu em um hobbie pessoal, uma fonte extra de renda. Sempre gostei de tirar fotos, e sempre gostei de tirar nudes também. Meus ex-namorados e meu atual marido que o digam. 😈 Agora eu apenas monetizo com eles. Ou seja, juntei a fome com a vontade de comer. Nada mal, não? 🤣

Como surgiu a ideia de explorar o “lado lucrativo”, digamos assim, da sua sensualidade, como nasceu essa ideia de criar uma conta no OnlyFans?

Abigail: Certa vez, enquanto estava passeando pelo Twitter e me deparei com o tweet de uma menina que comemorava a compra de sua primeira casa, com o dinheiro que fez em menos de um ano de OnlyFans. Achei aquilo incrível! Eu nem conhecia o site, e foi aí que parei e pensei: “Porque não?”

Você se considera exibicionista? 

Abigail: Sem dúvidas! Sempre fui, na verdade. Mesmo antes do OnlyFans. Sempre gostei de fotos sensuais, nudes, enfim, de me sentir sexy e bonita também pelas lentes de uma câmera. É algo que indiscutivelmente me traz satisfação pessoal. 

Como é para você Abigail a sensação de ser desejada por tantos homens, e por que não, mulheres também?

Eu acho bacana. Faz bem pra autoestima, claro. E para te ser sincera, me fez mudar muitas concepções e ideias erradas que tinha até mesmo sobre o que os homens gostavam/queriam das mulheres. Nós, mulheres, nos cobramos muitos, principalmente fisicamente. Achamos que temos que estar sempre perfeitas, impecáveis, e achamos que é isso o que os homens esperam de nós, mas o OnlyFans me fez perceber que não, os homens não querem ver perfeição.

Eles querem ver é mulheres de verdade, com seus corpos de verdade e que se sentem soltas e livres sendo quem são. A era das mulheres de plástico já foi. As mulheres agora querem poder ser apenas seres humanos reais, com suas imperfeições completamente normais, e a notícia boa é que é exatamente isso que os homens querem também. 

O que nossos leitores podem esperar da Abigail, será um perfil mais “hard” ou algo mais provocativo e sensível? 

Desde o começo do meu OnlyFans, com toda a certeza decidi que não partiria para o lado da pornografia, não é algo que eu me sinta à vontade fazendo. E se eu não me sentir à vontade, não me sentir feliz, então qual é o propósito, né? Eu gosto da sensualidade, do nu, do erótico, da beleza. É isso o que me conquista e é essa a minha proposta. 

De fato deixo isso bem claro já no início do meu perfil, porque também não quero enganar ninguém de achar que vai ver putaria pesada, assinar e só ver conteúdo de nu. Então quem assina, sabe exatamente pelo o quê está pagando. E bem, até agora, zero reclamações. 😏 

E quando não está trabalhando (no seu trabalho fora do OF), ou produzindo conteúdo para o OnlyFans, o que a Abigail gosta de fazer nas horas vagas? 

Gosto de passar o tempo em família, gosto também de viajar, ver filmes, series, ouvir música, ler, escrever, e adoro jogos no geral. 

Abigail, você pretende fazer algum planejamento para criação do seu conteúdo para o OnlyFans ou vai fazer por puro prazer e deixar o instinto te levar durante as produções? 

Faço tudo por instinto mesmo. Me baseio sempre no que me dá prazer. Eu estou curtindo? Eu estou aproveitando? Estou achando legal? Então está válido! E vai continuar sendo assim. Antes de mais nada, não quero que se torne aquela obrigação chata, desagradável. Assim sendo, quero que seja sempre leve e divertido, esse é o principal para mim!

O que você acha dessa popularização das plataformas, como é sua visão, como mulher que vivencia sua sexualidade com naturalidade a possibilidade de agora além de explorar seu lado exibicionista também fazer disso uma renda alternativa? Considera isso uma forma de empoderamento?

Abigail: Acho fantástico! Principalmente pela escolha da mulher de fazer o que ELA quer, na hora e da forma como ELA quer e impondo os SEUS próprios limites também. Pois não há um chefe, uma produtora, ninguém no ouvido dela falando “você tem que fazer isso, ou aquilo!”. É ela com ela mesma. Ela é a sua própria chefe. 

Ela não depende de nada e nem ninguém para ganhar o dinheiro dela. Apenas uma conexão de internet e claro, pagar a comissão do site escolhido. Haha Mas essa liberdade que a internet nos trouxe, é maravilhosa para os criadores de conteúdo. Todos eles. Sejam eles de conteúdo adulto, ou não. 

Abigail

Você curte assistir pornô também? Tem algum tipo preferido? E o que alguém precisa ter para chamar a sua atenção? 

Abigail: Curto bastante, mas não gosto de nada que pareça forçado, fake, uu gosto de sentir que aquele prazer das pessoas é real, sabe? Então não gosto de nada cheio de produção, roteiro, gritos falsos e muita atuação. Isso me tira todo o tesão. Sou do time dos que clicam logo na aba “amador” do Xhamster. 🤣 

Bom, eu sou casada, mas sempre gostei de homens confiantes, que me tratam bem, me fazem rir e obstinados na vida. 

Tem algum sonho que você ainda deseja realizar? Apesar de não ser do meio, você tem alguma sex worker que te inspire ou que admire o trabalho?  

Abigail: Sonho para realizar lógico que tenho. Pois acho que sempre temos que ter senão a vida perde o sentido, tenho milhares de sonhos em todas as áreas da minha vida. E espero alcançar cada um deles. 🥰

De sex workers, como não sou do meio, realmente não conheço muitas, mas sem dúvidas quem me inspirou a me aventurar nessa foi a @savannah_solo, a menina que comentei no começo que fez o tweet que me chamou a atenção. Ela faz um trabalho incrível, de extremo bom gosto e é tão dedicada que acho muito inspirador. 

Por fim, muito obrigado pela atenção e carinho de nos receber. Abigail, o espaço é todo seu, deixe um recado final para nossos leitores.

Agradeço o espaço para falar um pouco da minha experiência que também está sendo super nova para mim, mas muito agradável. E quem quiser me seguir, conversar, trocar uma ideia pode mandar mensagem que vou adorar papear. 

E meninas que queiram também se aventurar nesse mundo, não tenham vergonha. Seus corpos são lindos, vocês são lindas. Não se importem com o que Fulano ou Ciclana vai falar/achar. Vocês são donas de vocês. A vida tá aí pra ser vivida. Se joguem de cabeça! ❤️

Gostou do post? Então deixe sua opinião nos comentários!

Quer participar do Testosterona como leitora? Entre em contato com a gente!

Por fim, no conte suas impressões sobre o post com a Abigail, é muito importante saber o que nossos leitores pensam.

COMENTE JÁ

Mais posts pra você