Home Suicide Girls Francy – Amor pela fotografia

Francy – Amor pela fotografia

Nome: Francy
Idade: 35 anos
Cidade: Colatina (ES)
Profissão: Modelo

Não é a primeira vez que a Francy aparece por aqui, ela já deu as caras num ensaio especial pro Testosterona Girls, que você pode conferir aqui. Ela é modelo e recrutadora do suicide girls. E hoje é dia de conhecer um pouco mais sobre o seu trabalho.

As fotos usadas neste post são dos sets Gold Burlesque, Dark Pink Girl e Blue Rainbow.

francy
Francy – Foto: Johnalney

Francy

Primeiramente, como você se apresentaria pra um leitor do Testosterona que não te conhece ainda e não viu seu trabalho

Oi amores, aqui é a Francy, sou modelo, suicide girl, recrutadora! Hehe

Há quanto tempo você tem perfil no Suicide Girls e o que te chamou atenção no site?

Tenho meu perfil ativo lá desde 2017, mas já tinha me cadastrado em 2016, me interessei pelo site a partir de 2015, acompanhando o perfil da Jacqueline, que foi a primeira SG que eu comecei a segui. Desde então eu acompanho outras mulheres lindas, e como eu já fazia muitas fotos amadoras em casa eu decidi entrar pro Suicide Girls também, pensei, por que não? Mas tudo foi indo de etapa em etapa, eu pensei bastante antes de entrar de fato para o site.

Francy, porque você decidiu se tornar uma Suicide Girl?

Eu sempre gostei muito de fazer fotos, sempre curti me exibir e criar conteúdo, mas o que me fez virar a chave de modelar profissionalmente para o site é a minha superação, eu queria saber até aonde eu iria chegar e do que eu seria capaz, e vi que tudo isso é possível, eu fui tomando cada vez mais gosto por modelar e produzir ensaios, até por que a plataforma te permite fazer o set de fotos com o tema que desejar, eu me senti muito livre pra fazer minhas próprias fotos do jeito que eu gosto.

francy

O Suicide Girls surgiu pra quebrar padrões. Hoje em dia grande parte das modelos do site tem cabelo colorido e tatuagens, você acha que o site na verdade ajudou a estabelecer um novo padrão de “modelo alternativa”?

Sim, com certeza, o site é vinculado à imagem de garotas super alternativas, embora o significado de “modelo alternativa” hoje em dia seja mais relacionado a pessoas fora do padrão estético da modelagem tradicional que vemos em passarelas e fotos de revista, ou seja, não só cabelos coloridos ou tatuagens, mas também diferentes corpos, formatos, o padrão em geral, com certeza o suicide girls oferece uma vasta cartela de modelos fora do padrão, e lógico, colabora em muito com essa quebra de padrão estética. Me sinto grata pelo site existir!

Você se considera uma modelo alternativa? Ou essa classificação não é necessária e modelo é modelo…

Acho que sim, me considero alternativa, num parâmetro de alternativa – uma moda que eu mesma faço, não imposta, não sigo regras de uma agência, nem empresário etc… Então sim, é uma alternativa à moda convencional, o título cabe bem ao que eu faço e expressa bem o que é de fato.

O que é ser sensual na visão da Francy?

Sensual é algo que mexe com a imaginação da pessoa que está vendo, algo pro lado sexy, aquele toque de luxúria, de como se estivesse se preparando pra uma transa, como posso me expressar melhor? É tipo aquela foto sensual que você olha e a pessoa está com cara de vontade de dar. Bem isso! Risos!

francy

Já sofreu algum tipo de preconceito por fazer ensaios sensuais?

Ah já sim, já aconteceram vários tipos de abordagens sobre meu trabalho de forma preconceituosa. Quanto a isso, eu moro no interior do Espírito Santo, minha cidade apesar de não ser tão pequena, a mentalidade por aqui é bem pequena, as pessoas ainda são em maioria intolerantes à esse tipo de conteúdo, por exemplo eles sempre me associam a garotas de programa, (não tenho nenhum problema com isso, inclusive admiro quem faz) mas é um pensamento pré estabelecido que as pessoas têm de mim quando me veem em fotos de lingerie”.

Também sou muito questionada sobre “ter coragem de postar fotos assim” sendo que a maioria das pessoas daqui posta fotos de biquíni na praia, e o que muda é o tecido (minha lingerie de renda e o biquíni é de lycra) sou sempre abordada na rua e nas redes sociais e sou questionada diariamente a esses tópicos e em outros também.

Como lidar com pessoas que não entendem a essência do seu trabalho?

A melhor forma é encarar de frente todas as situações, e em vez de as pessoas me questionarem, eu as questiono antes, então elas sempre saem mais pensativas depois disso. Nunca neguei nada do que eu faço, e quando falam “A Francy faz fotos nuas” eu apenas digo “faço sim, é isso mesmo” e depois sempre faço alguma piada logo em seguida pra não ficar um clima chato. Mas tento levar tudo da melhor forma possível e conscientizando as pessoas ao meu redor de que o que eu faço não é um crime abominável, sempre tento levar informações, e fazer a pessoa ver as coisas de um outro ângulo que não seja apenas aquele que ela cresceu sabendo.

Como você se sentiu quando fez seu primeiro ensaio sensual?

Me senti muito maravilhosa, e nem estava acreditando que estava fazendo, na época eu fiz meu primeiro ensaio eu fui fotografada por um deus da fotografia (o Zeus). Fiquei chocada com a beleza das fotos que ele fez, ele conversou umas meia hora comigo antes, me preparou, e foi muito bom conhecê-lo pessoalmente, toda minha experiência foi incrível e mágica, eu fotografei com o Zeus e com o Khan no mesmo dia.

Amei cada foto, e o resultado disso foi eu ter me tornado uma suicide girl oficial em meu primeiro set, eu me lembro que naquele ano (2017) foi o set mais bem votado e comentado de SG do ano, e logo eu me tornei Pink. Me senti tão grata, fui lá pra ver do que eu era capaz, e acabei extrapolando qualquer expectativa minha, eu fiz o melhor que eu pude fazer e consegui, olhei pra tudo que eu fiz e faço e me sinto muito realizada! Me sinto amada pelos meus fãs, me sinto apoiada! Ou seja, encontrei meu lugarzinho e ele é bem onde eu estou agora… claro que pretendo sempre evoluir, mas eu não sabia e não entendia que eu tinha toda essa capacidade e hoje eu sei!

Francy – Foto: Anilorac

Francy, você se considera uma pessoa exibicionista?

Totalmente!! Risos!! Com certeza eu me exibo muito pra câmeras, em vídeo e fotos eu me solto totalmente, eu me divirto de verdade fazendo isso, mas se você me encontrar na rua é capaz de eu ficar uma pouquinho tímida, mas depois que converso um pouco já me solto também! Risos!

Entre os seus sets, tem algum favorito por algum motivo especial?

Eu gosto de todos em geral, mas acho que o primeiro me marcou mais! Também gosto muito do meu terceiro set lá, eu achei ele tão incrível, mas ainda não foi comprado, gosto dos meus sets multis também, pois foi onde eu conheci outras modelos e interagi com elas, mas com certeza o primeiro set fotado pelo Zeus, é o meu preferido.

Fala pra gente sobre suas tatuagens? Quantas você tem? Qual sua preferida?

Atualmente eu tenho 7 tatuagens, aqui nas fotos não estão todas pois eu comecei a fazer várias tattoos do ano passado pra cá e meu último set foi feito em fevereiro desse ano, e de lá pra cá eu já fiz mais algumas! Acho que estou viciada! Hahah

A minha tatuagem preferida é essa debaixo dos meus seios (não tem na foto porque ela é nova) é um talismã da sailor moon, eu amo o anime e me inspiro nele, é esse símbolo eu sempre quis tatuar, então eu estava em dúvida de qual talismã tatuar (por que são vários), mas meu tatuador e eu desenvolvemos um misto, pegamos elementos de um talismã com outro, e ele fez esse desenho lindo, é um dos talismã com as asas do outro e as fitas da transformação da sailor… Ficou muito foda o desenho na minha opinião, por ele ter feito tão perfeitamente 4 texturas diferentes (pedra, metal, penas e tecido) minha preferida! 😍 Ahh e foi a que mais doeu também!

francy
Francy – Foto: Kalincamaki

Você se inspira ou busca referência no trabalho de outras modelos? Quais?

Ahh sim, lógico, minha vida é ver fotos de mulheres, não só as modelos do suicide girls como modelos de fora do site, eu sempre estou buscando tendências e poses, mas eu desenvolvo cada trabalho sempre colocando meu toque de personalidade nele. Tem umas modelos que eu amo muito as fotos dela, a Ray Mattos é uma delas, para referência, a Jacqueline também, Tem uma modelo que é tão fofinha e eu estou acompanhando ela muito agora a Miss Mao, ela não é brasileira, de iestrangeiras eu tenho uma infinidade de modelos que eu gosto, acompanho e curto o trabalho!

Francy, como que é a relação com os seus fãs e admiradores nas redes sociais?

Eu amo eles, sempre sou grata, são eles que me dão suporte no meu trabalho, são os fãs que de fato fazem meu trabalho acontecer e ser real, meus fãs não são muitos, a maioria é gringo, e eu me desdobro no inglês usando os tradutores pra conseguir responder todos e dar a devida atenção que eles merecem, estou sempre estou em contato com eles, interagindo seja no insta, no SG, ou no twitter, o tempo todo, e também no meu onlyfans, principalmente né! Mas tento responder a todos em todas as redes sociais.

Os fãs brasileiros são diferentes dos seguidores de fora?

Sim, totalmente, na minha opinião, são poucos brasileiros que de fato dão algum tipo de apoio, acho que a maioria dos brasileiros que me seguem não são fãs reais, deve ser apenas pessoas que me seguem aleatoriamente, não sinto que acompanham meu trabalho de fato, não apoiam nem com like e nem comentam em nada, como se fossem fantasmas. Eu de fato, se eu sigo pessoas que eu gosto tento apoiar e incentivar em tudo, não sinto isso da maioria dos brasileiros.

Claro que toda regra tem exceções, eu tenho alguns fans reais brasileiros que estão ali todos os dias me enchendo de palavras amorosas, mas essa atitude vem mais dos gringos geralmente, o brasileiro nem lê a legenda da foto, ele só quer ver a bunda mesmo e só, não se interessam nem um pouco por nenhum detalhe sobre aquilo, infelizmente é assim.

Não quero ofender os brasileiros de forma nenhuma dizendo isso por que sei que tem muitas pessoas legais aqui, homens e mulheres que de fato me apoiam, mas só to expressando como é realmente pra mim, e é assim. Espero conhecer mais fãs brasileiros reais e mudar meu pensamento quanto a diferença entre eles.

francy

Quais as suas SG brasileiras favoritas?

Ahh tenho várias SG favoritas! A Ivy, a Pit, a Jac, a Babu, enfim se eu for listar seriam quase todas. E tem outras gringas também que eu acho muito incrível! Só vocês verem quem eu sigo lá no SG e no insta que tem muitas com o trabalho impecável!

O que a Francy gosta de fazer nas horas vagas?

O que é hora vaga? Hahaha! Eu ando trabalhando tanto que ultimamente quase não estou tirando um tempinho para mim. Mas quando eu quero relaxar um pouquinho mesmo (coisa rápida) é um filme na Netflix, ou uma série rápida. Depois logo volto a trabalhar, mas estou pensando muito em viajar pra praia e espairecer um pouco. O que é difícil, por que a gente que trabalha com foto, se eu chego em uma praia eu já logo quero fazer 300 fotos! Enfim, seria basicamente isso!

Que dica você daria pra uma garota que sonha em entrar pro Suicide Girls?

Primeiramente, seja você mesma e encare todas as situações de frente, pois é isso que você terá lá na frente! A minha dica é essa por que o que mais me deparo é com meninas frustradas e querendo desistir no começo, com vários medos. É perfeitamente normal ter medo do que as pessoas irão pensar, pois isso já vem de um pensamento antiquado da geração passada. Mas a única forma de moldar um pensamento diferente é tendo atitudes diferentes, não se esconder, não se acanhar…

Seja livre pra ser quem você é! Quanto mais modelos com atitudes e batendo de frente, menos pensamentos mesquinhos irão existir quanto a esse tipo de foto! Então, acho que o principal pra se tornar uma suicide girl é ter atitude, é bater de frente. Ter posicionamento firme, sem isso dentro de você, será difícil prosseguir e encarar algumas coisas, mas tendo isso já basta. Tenha certeza absoluta do que você quer e depois me mande uma DM lá no meu insta (@francymiler) que eu farei seu recrutamento! 👍🏻😉

Francy, o que você mais gosta no Testosterona??

Eu amo as entrevistas e as fotos das Testosterona Girls! Ahh sou suspeita de dizer isso 🥰 mas gosto muito!

Obrigado por participar do Testosterona. O espaço é todo seu pra deixar o recado que desejar!

O único recado que eu quero deixar é: me chamem pro churras com cerveja quando acabar essa quarentena!! Risos!! Eu não aguento mais ficar em casa! Em Dezembro estarei em São Paulo, lá pro dia 10, quero rolezar! Obrigado a toda equipe do Testosterona! Abrigado ao Edu e ao Dino, estão sempre em contato com nós modelos. Sempre nos dando espaço para expor opiniões e nos apoiando, grande beijo a todos, e lavem as mãos! 😝

Mais Suicide Girls no Testosterona

Então, que tal o post com a maravilhosa Francy, gostou? Pois deixe sua opinião nos comentários e conta pra gente qual suicide girl você quer ver no Testosterona?

Mais posts pra você

COMENTE JÁ