Home Sex Workers Naty Varga: “Me sinto a mulher mais sexy do mundo!”

Naty Varga: “Me sinto a mulher mais sexy do mundo!”

Nome: Natalia Varga (Naty Varga)
Idade: 28 anos
Cidade: São Paulo
Instagram: @natyy.varga

Naty Varga

Naty Varga

A doçura de Naty Varga não tem limites, a sex worker começou a trabalhar com conteúdo adulto recentemente e se encantou com as oportunidades dessas gostosas fantasias. Batemos um papo sobre seu trabalho e como isso mudou rapidamente sua vida.

Para começar, conte um pouco pra gente da sua trajetória, há quanto tempo você trabalha com produção de conteúdo adulto e como você entrou neste ramo?

Eu trabalho com fotos sensuais desde os meus 18 anos. E no começo de 2021 eu conheci uma garota que vendia conteúdo adulto e foi aí que eu me encontrei! Sempre gostei de me exibir, e há 4 meses atrás comecei a vender conteúdo também e estou amando trabalhar com isso.

O que você mais gosta no seu trabalho como sexworker? E o que você não gosta?

Amo produzir as sessões fotográficas! Imaginar o que os meus clientes vão gostar e colocar tudo em prática. Não gosto dos homens que acham que só porque uma mulher trabalha com conteúdo adulto não pode ser mãe ou ter uma família que a apoie.

Hoje já é sua atividade principal?

É sim.

Como é para você, a sensação de ser desejada por tantas pessoas? Você se considera exibicionista?

Amo isso! Me sinto a mulher mais sexy do mundo! Me considero exibicionista sim.

Naty Varga

Conte para nós como é sua rotina de trabalho?

Normalmente faço no mínimo 2 ensaios novos por semana. Além dos conteúdos que produzo em casa mesmo, como por exemplo vídeos personalizados.

Você segue um cronograma de postagens e de onde tira as ideias para seu conteúdo?

Tento postar no meu Instagram nos horários que podem me dar mais engajamento. Sigo algumas meninas que já trabalham com conteúdo adulto há muitos anos para se basear. E pesquiso fetiches também para atrair o maior público possível.

Quais as sensações que influenciam em sua produção de conteúdo?

Quando estou produzindo os conteúdos chego a ficar arrepiada imaginando os clientes vendo!

O que mudou na sua vida depois que você passou a trabalhar como sex worker? As pessoas te apoiaram?

Minha família super me apoiou. Minha autoestima só melhorou também!

Você sofreu algum preconceito pelo seu trabalho? Como você lida com isso?

Sempre tem alguém para julgar sim. Mas não me importo, estou ganhando meu dinheiro honestamente e sem prejudicar ninguém.

Como é sua relação com seus seguidores?

Tento sempre responder todos que mandam mensagens. Adoro o carinho deles, então sempre faço o máximo para retribuir.

Qual é o sonho que deseja realizar?

Quero poder comprar uma casa própria e dar um futuro confortável para a minha filha.

Quem são as sexworkers que te inspiram?

Clara Aguilar.

O espaço é seu. Deixe um recado para os leitores.

Agradeço a todos que já me seguem e sempre estão interagindo no meu Instagram. E peço que valorizem mais o trabalho das garotas que vendem conteúdo, pois nós sempre damos o máximo para trazer materiais ricos e diversificados. Amo o meu trabalho e amo ainda mais quando recebo o apoio de vocês! Obrigada!

COMENTE JÁ

Mais posts pra você