Home Sex Workers Victoria – A magnitude de uma personalidade

Victoria – A magnitude de uma personalidade

Victoria

Victoria

Fenomenal definiria com perfeição as sensações e essências de Victoria, a sexworker que encontrou nesse trabalho uma maneira de aprofundar e expressar sua real naturalidade. De olhar magnífico e cheia de formosura, a musa procura transformar esse novo caminho com classe e respeito.

Batemos um papo sobre seu trabalho e a visão deste universo.

Para começar, conte um pouco pra gente da sua trajetória, há quanto tempo você trabalha com produção de conteúdo adulto e como você entrou neste ramo?

Então, eu comecei nesse meio faz mais ou menos dois meses, vi algumas influencers que eu sigo entrando para algumas plataformas e fiquei interessada em conhecer mais sobre.

O que você mais gosta no seu trabalho como sexworker? E o que você não gosta?

O que eu mais gosto é da flexibilidade e do fato de poder me expressar nas minhas fotos da forma como me sinto à vontade. E o que não gosto é como alguns homens enxergam isso como abertura pra assédio e/ou que significa que eu sou mais “fácil” de levar pra cama, isso é algo que me frustra muito.

Victoria

Victoria, hoje já é sua atividade principal?

Infelizmente hoje não é minha atividade principal, mas vou trabalhar pra que seja.

Como é para você, a sensação de ser desejada por tantas pessoas? Você se considera exibicionista?

Eu sempre me considerei exibicionista, sempre gostei de mostrar meu corpo nas fotos, eu me sentia muito à vontade com isso, mesmo tendo comentários negativos, mas é algo que faz eu me olhar e pensar “nossa, eu sou muito gostosa!”.

Conte para nós como é sua rotina de trabalho?

Eu tento conciliar com meu outro trabalho, a maternidade e meu casamento. Geralmente eu tiro uns dias e horários específicos da semana pra procurar referências de fotos, pensar nas poses, em como vão ser os vídeos, ultimamente meu companheiro tem me auxiliado nisso, o que tem tornado mais divertido o processo e cada vez melhor.

Você segue um cronograma de postagens e de onde tira as ideias para seu conteúdo?

Infelizmente não sigo um cronograma, mas tô trabalhando pra me organizar e conseguir ter um.  Eu tento sempre estar em contato com meus assinantes pra ver o que eles gostam, pra tentar seguir mais essa linha, eu gosto muito de variar entre uma cena mais garotinha e outra mais mulher, acho que é bom esse contraste, até porque faz parte da minha personalidade.

Quais as sensações que influenciam em sua produção de conteúdo?

O principal é o prazer, eu sinto um prazer imenso de me ver em certas posições ou usando determinada roupa.

O que mudou na sua vida depois que você passou a trabalhar como sex worker? As pessoas te apoiaram?

Mudou a forma que eu me enxergo, consigo me sentir muito mais confiante e segura, me passa uma sensação de dominância do meu corpo e das pessoas que me querem. Meu companheiro e meus amigos me apoiam, mas minha família ainda não sabe e eu não faço questão por não morar mais com eles.

Você sofreu algum preconceito pelo seu trabalho? Como você lida com isso?

Sofri sim, algumas pessoas de fora acham que por conta de eu estar numa relação e ser mãe, isso me torna uma péssima mãe e esposa, que eu deveria me resguardar e todo aquele papo moralista de sempre. Não vou dizer que não me abala em nada, mas eu entendo que sempre vão ter pessoas pra tentar te deixar mal, então eu tento não dar relevância.

Como é sua relação com seus seguidores?

Eu tento ser o mais comunicativa e receptiva o possível com eles, mas sempre deixando claro que existe um limite entre uma conversa e o desrespeito.

Qual é o sonho que deseja realizar?

No momento, conseguir minha total independência financeira.

Quem são as sexworkers que te inspiram?

A Candy Neon, a Anna Blue e a Kinechan.

O espaço é todo seu, deixe um recado final para nossos leitores.

Bom, ser uma sex worker exige muita dedicação e força nos dias de hoje, com tanta gente preconceituosa e de mente fechada, nosso trabalho é um trabalho como qualquer outro. O apoio e respeito é algo muito importante, então sempre lembrem disso.

Obrigado por lerem até aqui.

COMENTE JÁ

Mais posts pra você