Home Sexo Livros Pornô – 10 livros bem pornográficos pra você

Livros Pornô – 10 livros bem pornográficos pra você

Nem só de audiovisual vive o pornô. Um dos primeiros registros sobre pornografia no ocidente está na literatura do italiano Pietro Aretino (1492-1556). Aliás, o pornô mais hard está justamente nos livros pornô. Pode parecer papo chato de bibliotecária, mas é verdade. E falando nisso, segue uma lista bem pimenta, cheia de polêmica e indecência pra você descobrir.

Livros Pornô

Foto: Brazzers | modelo: Harley Ann Wolf

01 – 120 Dias de Sodoma

Segundo Sasha Grey, é o melhor livro +18 da literatura universal. E nós não vamos discordar logo da Sasha, né, queridEs? Até porque ela tá certíssima! Essa obra, escrita pelo francês Marquês de Sade em 1785, conta como 4 magnatas reuniram 46 jovens de ambos os sexos e 4 cafetinas sádicas pra 120 dias de orgia. A festinha vai da escatologia ao assassinato. Foda!

02 – Justine

Novamente Marquês de Sade na área, vadias! O maior autor no quesito foder o psicológico. Os textos dele não são apenas bundas, paus e vaginas. Ele espeta a moral do cidadão de bem, e do cidadão de mal também. Em “Justine ou Os Infortúnios da Virtude” de 1791, duas irmãs nascidas do mesmo ventre, mas totalmente diferentes, batem asinhas pro mundo após o declínio e a morte dos pais. Juliette é bem putaça e mau-caráter, Justine é santinha e entojada. O final é surpreendente, filosófico e perturbador. Um dos melhores livros porno!

livros porno
Livros Pornô

03 – História d’O

A abertura já é surpreendente, crua e verdadeira. O desenrolar traz muita luxúria fetichista e sadomasoquismo com excelentes personagens. A francesa Anne Cécile Desclos (1907-1998) sob o pseudônimo de Pauline Réage, narra através da personagem principal, o prazer sexual que algumas pessoas sentem na submissão e na dor da servidão. O livro de 1954 é hard pacas e foi escrito em resposta a um tal de Jean Paulhan que disse que mulheres não eram capazes de escrever romances eróticos que prestassem. TÓÓÓÓMA, trouxa!

livros pornô

04 – Lolita

Uma arte perfeita, palavra por palavra! A narrativa é o maior gênio da obra. É um livro onde você não vai encontrar um único palavrão sequer, mas ao mesmo tempo será o livro mais proibidamente elegante, cheio de fetichismo social e sensorial. O livro é de 1955, escrito pelo russo Vladimir Nabokov, e narra o enlace de um professor universitário de meia-idade com uma garota endiabrada. É treta, é escândalo e é sexo da forma mais polêmica que você pode imaginar e ler.

livros porno

05 – Um Romance Sentimental

Você já pensou que é uma novelinha açucarada de bosta, né? Meu amor, você não tá entendendo! Esse é para os fortes dos fortes dos fortes!! Uma descrição contínua de sexo desenfreado com mix de ninfetas e inúmeras perversões que faria sua mãe sofrer um AVC antes da página 20! O último livro do francês Alain Robbe-Grillet (1922-2008), publicado em 2007, descreve lições libertinas e incestuosas entre pai e filha.  

livros pornô

06 – Henry e June

Pra quem gosta de ménage e safadeza de casal, esse é o livro! Filosófico sem ser chatão, cheio de descobertas da própria sexualidade por parte da perfeita francesa Anaïs Nin (1903-1977), autora desse diário publicado em 1986, que retrata seu envolvimento a três com autor Henry Miller e sua amante June Mansfield. É arrebatador e, o melhor de tudo, a história é real.

livros pornôs

07 – A Casa dos Budas Ditosos

Além de bem sexual e desbocado, fala de tabus e preconceitos que irão virar caquinho nessa narrativa. Assinado pelo escritor brasileiro João Ubaldo Ribeiro (1941-2014), conta a história de uma velhona baiana maravilhosa de 68 anos, sem um pingo de vergonha na cara e feita de uma coragem infinita. É brilhante e muito pervertido do início ao fim. O livro foi lançado em 1998 e, claro, causou e causa até hoje.

livros pornograficos
livros pornô

08 – Belle de Jour

Quando uma esposinha quer dar ninguém segura, né? E esse é o caso contado em 1928 pelo argentino-francês Joseph Kessel (1898-1979). Séverine Sérizy é uma burguesinha safada e casada, e por isso só podia viver suas fantasias secretas num puteiro durante o dia. Esqueça as noites mal dormidas, porque as melhores fodas acontecem quando o mundo decente está trabalhando. É aí que a “bela do dia” é muito mais bela.

livros eroticos

09 – História do Olho

É esse olho mesmo que você pensou. O da bunda! Entre outros. A trama é ânus, mijo e outras diversas devassidões narradas pelo francês Georges Bataille (1897-1962) e publicada em 1928, sob o pseudônimo de Lord Auch. O narrador e sua amiga Simone se envolvem em putarias bem canalhas, cheias de imundície e perturbação mental.

livros de sexo
livros pornô

10 – A Vênus das Peles

É a obra mais famosa do ucraniano-austríaco Leopold von Sacher-Masoch (1836-1895). É um jogo fetichista de dominação, submissão e subordinação muito além do sexo, envolvendo sentimentos conturbados, aceitação e frustração do outro e de si mesmo, dentro de um jogo afetivo e angustiante entre o casal Wanda e Severin. O livro de 1870 é bem cruel, bem magnífico e bem necessário.

livros pornô

Gostou do post com os melhores livros porno? Então deixe sua opinião nos comentários

Mais posts sobre sexo

COMENTE JÁ

Mais posts pra você