Home Sexo Podolatria – Fetiche da cabeça aos pés

Podolatria – Fetiche da cabeça aos pés

Assim ó, fofes! A sociedade inteira é fetichista, tá? Foi construída com tijolinhos de parafilia sobre outros tijolinhos de parafilia. E a podolatria é um baita fetichezão, tanto na sociedade civil e baunilha, como entre os pervertidos maximizados. Ou vai dizer que é à toa que uma mulher tortura seus pés sobre um saltão pra parecer mais elegante, bonita e poderosa na opinião alheia? Faz tudo parte do fetiche social, queridE. E nesse caso é podolatria o nome. Então, vamô metê os pé aqui, carai!

Podolatria

Mas que WTF é podolatria???

É fetiche por pés! Há gente cabeçuda e culta que gosta até de recorrer a termos etimológicos pra explicar a taradice. Tipo assim: “podo” vem do grego “podos” que significa “pés” que somada à palavra “latria”, também oriunda da palavra grega “latreuo” que significa “adorar”, resulta em podolatria. Chique, né?? Ou seja, aquele tesão fudido por patinhas.

Quais os tipos de podolatria?

Infinitas possibilidades! Alguns gostam de apenas ver belos pés desfilando, outros de tocar, cheirar o chulézinho, lamber, beijar, chupar dedão, massagear, ver os pés banhados em óleo de massagem, com chantilly, sujos ou com marquinhas de tanto caminhar no chão, e até chegar ao êxtase através do footjob ou do trampling. Quê qué isso? Ah, meu amor. Só anote!

Podolatria

Footjob

É o ato da masturbação com os pés! Tem gente BR que chama de “pénheta”. Um fap bastante conhecido no pornô e que tem diversos discípulos. Da mesma forma que muita gente troca fácil buceta ou cu por uma espanholona nuns peitão, tem gente que troca qualquer parte do corpo por dois pezinhos marotos e deslizantes no centro fálico do púbis. Vulgo pau.

Podolatria

Trampling

É um fetiche bem sadomasô! A prática é bem comum entre as femdom, mulheres dominadoras no BDSM. Consiste num sujeito que gosta de ser pisado e humilhado, seja por pés nus ou até mesmo com botas ou salto agulha. Pode ser pisoteado por uma ou mais pessoas, e às vezes há até pulos e acrobacias sobre o corpo do submisso. Se trata de um fetiche que envolve tesão pela dor e os adeptos dessa paradinha são na maior parte homens. 

O gênero da podolatria

Então! Há pesquisas bem cool sobre o assunto que afirmam que a grande maioria dos podólatras são do gênero masculino. Média de 70% dos cara curtem o fetiche quando apenas 30% das mina dizem um “me fode com esse teu pézão”.

Podolatria

Solinhas e dedos

Podólatras são detalhistas! São como sommeliers de vinho, só que dos pés. Reconhecem desde a espessura das unhas até o sabor característico de cada anatomia. Vão dos calcanhares às cutículas, das solas enrugadinhas às lisas, dos tamanhos e formas de dedos, longos ou curtos, passando pelos metatarsos e também os tornozelos. E não pense que essa moçada tá no mesmo pote, não! São diversos grupinhos e subnichos dentro da prática.

Podolatria

Fetiche por pés sujos

Não imagine que apenas pés de princesa são a preferência. Pra algumas pessoas, pés sujos, suados e que cheiram chulé são a causa da excitação. Assim como muitos têm tesão em mulheres de salto alto, com pés slim e limpinhos, outros curtem garotas de chinelos velhos ou de meias furadas ou com esmalte descascado. E tudo bem.

Podolatria na arte e literatura

Nem é novidade que artista e putaria é quase tudo a mesma coisa. A podolatria está presente em diversos retratos como a clássica obra “La Comtesse au fouet” (1926) do ilustrador erótico Martin Van Maële. Outra obra, que é um livro de catequese pros podólatras, é “A Pata da Gazela” (1870) que pode parecer um livro inocente de ensino médio, mas é perversão e podolatria pura. Esse romance de José de Alencar teve como base uma das histórias mais antigas da humanidade sobre o assunto, a “Cinderela” com seu sapatinho de cristal, originada na China em 860 a.C e que se tornou famosa na escrita do autor francês Charles Perrault em 1697.

Podolatria

Bares e clubes de podolatria

Muitos bares pelo mundo adicionaram a podolatria ao cardápio. Até drink preparado com os pés pra sede dos súditos acontece. Na grande SP há no mínimo uns três botecos que sempre fazem festinhas voltadas aos podos. No Rio de Janeiro também tem dois bares bem famosões. E na Europa, caraio! Chove noitadas e festas repletas de pezinhos.

Sites especializados

Uma pá de sites publicam vídeos de podolatria. Basta teclar na busca do XVideos e do PornHub que vem aos montes. Mas se você é muito além de um curioso e quer algo mais especializado, indico 5 sites: 21 FootArt, Footsie Babes, FFetish, Foot Fetish Daily e até um jogo pros nerdão, o Foot Fetish Game.

Atrizes pornôs com pés bonitos

Aqui tão as princesa, gentem! Little Caprice, Ivy Aura, Elena Koshka e Solazola (que tem até o nome certo pra podolatria) são alguns dos exemplos. Cada mocinha dessas faz forista do assunto batê palma com a rola na mão. Falando nisso, tem set list aqui, seus putão!! 5 videos porno. Um pra cada dedo do pé. Porém, existe gente que tem polidactilia. Então, pensando bem serão 6 vídeos. Aí, sim! Um pra cada dedo. E pow!

podolatria

1º – Harlowe Blue

Essa americana sempre trabalha a podolatria em seus vídeos. É lambuzêra e leitinho aos montes nos seus footjobs.

2º – Footjobs Queen

A sigilosa Nicole é a protagonista desse trampo. Tudo é extremamente voltado pros seus pés irresistíveis.

3º – Wasabigirl

E nem só de checa essa tcheca americana vive. Pezinhos são ingredientes em sua sedução. Ela é puro fetiche.

4º – Giofeetsecret

Esse casal de Roma, Itália, é foda no assunto. É pau, pé, elegância e fodeção. Não necessariamente nessa ordem. Porque se quem tem boca “vai a” Roma, quem tem pés bonitos chega antes.

5º – Miss Courtney

Muitos dos adoradores de pés são submissos por natureza ou curtem se sentirem “pequenos” perto de uma mina, fetiche chamado de macrofilia. Essa dominatrix de Londres gosta de engasgar esses súditos sem piedade alguma.

6º – Teanna Trump

O mainstream também tem sua vertente da podolatria lotada de visualizações e seguidores. Essa americana mostra, pela Footsie Babes, que seu footjob também é tão foda quando seu blowjob.

Quais seus fetiches na hora do sexo? A gente sabe que existem muito, e bota muitos nisso, fetiches pelo mundo. Um deles é tesão por pés, mas afinal, o que é podolatria?

Não deve ser a primeira vez que você ouve o termo, afinal dos fetiches esse é um bem conhecido. Muitos estudos já foram feitos e muita gente tem curiosidade em saber o que realmente é a podolatria. Vamos te explicar.

O que é a podolatria?

A podolatria nada mais é do que um tipo particular de fetiche em que a pessoa sente tesão por pés.

podolatra, como é conhecido quem é adepto da prática, sente um desejo tão profundo pelos pés que tem prazer e se sente excitado apenas ao tocar nesta parte do corpo de outra pessoa, de diversas maneiras, ou apenas observar seu formato, seu cheiro.

Então, se você já se imaginou mordendo, acariciando, tocando, cheirando ou lambendo os pés de outra pessoa, pode ser que você seja um podolatra.

Como funciona?

Se não consegue entender como alguém pode sentir prazer apenas encostando no pé de outra pessoa é porque talvez a podolatria não seja para você.

O fetiche é um comportamento sexual que não está normalmente ligado ao ato sexual em si.

Não se sabe exatamente o porque, mas pesquisadores da Universidade de Bolonha descobriram que entre as preferências sexuais por partes do corpo, os pés é a alternativa mais popular.

podolatria

Tipos fetiches com os pés

Footjob: Masturbação do mesmo jeito que acontece com as mãos, mas na podolatria é com os pés. Podendo chegar ao orgasmo e pode ser feito com homens e mulheres.

Crushing: fetiche por esmagar algo como comidas, bebidas, insetos, objetos, ou até orgão genital com os pés.

Retifismo: Fetiche em salto alto. Há pessoas que sentem prazer em ver (e às vezes só ver mesmo) a parceira usando slto alto. Em grande parte dos casos, gostam de ser pisados também.

Nasofilia: Talvez o que gere mais polêmica, afinal são pessoas que sentem tesão por cheiros, ou seja, uma galera que curte sentir o cheiro do chulê.

Ballbusting: Mulheres normalmente calçadas chutam, pisam e até pulam sobre os testículos do homem visando diversão e excitação, e por incrível que pareça, para muitos funciona.

COMENTE JÁ

Mais posts pra você